Loading

2021.g

Novidades

Versão 2021.g

Mais informação aqui.

2021.f

Novidades

Versão 2021.f

Mais informação aqui.

Novo programa: CYPE Connect Steel

Mais informação aqui.

Novo programa: Pormenores construtivos para revestimento exterior de fachada ventilada, de réguas de compósito de madeira e polímeros

Mais informação aqui.

Novo programa: CYPELEC Code Compliance

Mais informação aqui.

2021.e

Novidades

Versão 2021.e

Mais informação aqui.

Novo programa: StruBIM Rebar

Mais informação aqui.

Novo programa: StruBIM Shear Walls

Mais informação aqui.

Novo programa: CYPELEC Grounding IEC

Mais informação aqui.

Novo programa: CYPELEC Grounding IEEE

Mais informação aqui.

2021.d

Novidades

Versão 2021.d

Mais informação aqui.

2021.c

Novidades

Versão 2021.c

Mais informação aqui.

Novo módulo: Pormenores construtivos de pano principal de fachada ventilada

Mais informação aqui.

2021.b

Arquimedes

Importação de medições do "ArchiCAD® 24 POR"

Foi atualizada na versão 2021.b do Arquimedes a ligação com o ArchiCAD®, que se encontra agora adaptada para a importação de medições a partir da versão "ArchiCAD® 24 POR".

Critérios de medição em aberturas

A opção "Deduzir as aberturas superiores a" passa a contar com mais opções para ter em conta mais critérios de medição. Por exemplo, a possibilidade de descontar só uma parte (normalmente 50%) das aberturas menores que um determinado valor e descontar tudo se ultrapassam esse valor. Através do botão "Critério de medição de aberturas" acede-se à edição de critérios de medição de aberturas num diálogo com o mesmo nome. A partir desse diálogo é possível:

  • Deduzir todas as aberturas superiores a uma dada superfície.
  • Deduzir só o valor acima de uma dada superfície de aberturas. Incluindo deduzir só o valor acima de uma superfície entre dois valores e deduzir o total das aberturas acima de uma dada superfície.
  • Deduzir só uma percentagem dada de aberturas. Incluindo deduzir só uma dada percentagem sobre uma superfície entre dois valores e 100% das aberturas acima de uma dada superfície.

 

  

Utilização da mesma combinação de extração de medições em vínculos de entidades da mesma família

Quando desde a janela "Atribuição de artigos e extracção de medições " se realiza mais de uma vinculação de vários Tipos de uma mesma Família com a mesmo artigo do orçamento, a coluna Igualar, permite utilizar a mesma combinação em vínculos de entidades da mesma família.

É possível igualar os critérios de medição de vários vínculos de entidades com um artigo. Ao alterar um deles, alteram-se todos os vínculos desse artigo. Se a obra já possuía vários critérios (combinações de medição) no mesmo artigo o programa não os unifica, apenas o faz se algum for modificado.

Todas as entidades (Tipos) vinculadas a um artigo terão o mesmo critério de medição uma vez que se referem ao mesmo artigo.

 

Controle de obra

Importação de medições do "ArchiCAD® 24 POR"

Foi atualizada na versão 2021.b do Arquimedes a ligação com o ArchiCAD®, que se encontra agora adaptada para a importação de medições a partir da versão "ArchiCAD® 24 POR".

Critérios de medição em aberturas

A opção "Deduzir as aberturas superiores a" passa a contar com mais opções para ter em conta mais critérios de medição. Por exemplo, a possibilidade de descontar só uma parte (normalmente 50%) das aberturas menores que um determinado valor e descontar tudo se ultrapassam esse valor. Através do botão "Critério de medição de aberturas" acede-se à edição de critérios de medição de aberturas num diálogo com o mesmo nome. A partir desse diálogo é possível:

  • Deduzir todas as aberturas superiores a uma dada superfície.
  • Deduzir só o valor acima de uma dada superfície de aberturas. Incluindo deduzir só o valor acima de uma superfície entre dois valores e deduzir o total das aberturas acima de uma dada superfície.
  • Deduzir só uma percentagem dada de aberturas. Incluindo deduzir só uma dada percentagem sobre uma superfície entre dois valores e 100% das aberturas acima de uma dada superfície.

 

  

Utilização da mesma combinação de extração de medições em vínculos de entidades da mesma família

Quando desde a janela "Atribuição de artigos e extracção de medições " se realiza mais de uma vinculação de vários Tipos de uma mesma Família com a mesmo artigo do orçamento, a coluna Igualar, permite utilizar a mesma combinação em vínculos de entidades da mesma família.

É possível igualar os critérios de medição de vários vínculos de entidades com um artigo. Ao alterar um deles, alteram-se todos os vínculos desse artigo. Se a obra já possuía vários critérios (combinações de medição) no mesmo artigo o programa não os unifica, apenas o faz se algum for modificado.

Todas as entidades (Tipos) vinculadas a um artigo terão o mesmo critério de medição uma vez que se referem ao mesmo artigo.

 

CYPE 3D

Melhorias e correções

A versão 2021.b do CYPE 3D inclui as seguintes melhorias e correções:

  • Na escala de isovalores, as cores escuras não permitiam visualizar com claridade alguns valores, agora são perfeitamente legíveis todos os valores.
  • Nos desenhos das placas de amarração, os valores das espessuras que se mostravam arredondados, deixaram de o ser ficando mais precisos.

CYPE Architecture

Incluir níveis

O programa CYPE Architecture possibilita agora incluir níveis. Os níveis permitem identificar as cotas principais do edifício correspondendo de forma geral aos pisos. Os níveis são fundamentais para uma correta leitura do modelo arquitetónico nas restantes aplicações do fluxo de trabalho Open BIM.

Os níveis são criados a partir do separador "Arquitectura" com o botão "Níveis". Deve adicionar os principais níveis de referência da obra a partir do botão com o símbolo "+". Ao criar um nível, o programa pergunta se queremos criar automaticamente uma vista de planta associada.

Um nível também pode ser associado a uma vista de planta a partir do painel "Vistas". É aconselhável associar os níveis a vistas de planta, isto permitirá que todos os elementos introduzidos nessa vista sejam automaticamente associados a esse nível.

É recomendável atribuir o nível correspondente a todos os elementos do separador "Arquitectura" introduzidos.

 

Etiquetar elementos

As etiquetas permitem agrupar elementos do mesmo tipo. As etiquetas são fundamentais para uma correta leitura do modelo arquitetónico nas restantes aplicações do fluxo de trabalho Open BIM.

Ao introduzir os elementos do modelo devemos atribuir-lhes uma etiqueta, que mais tarde permitirá vê-los agrupados nos restantes programas Open BIM da plataforma BIMserver.center.

 

Incluir espaços

Os espaços permitem delimitar os vários compartimentos do modelo arquitetónico. A introdução de espaços é fundamental para, por exemplo, obter medições ou realizar cálculos térmicos e acústicos. Os espaços são ainda um elemento fundamental de referência e representação no fluxo de trabalho Open BIM.

Os espaços são definidos através de uma polilinha e uma altura.

 

Atribuir cor aos elementos construtivos

Todos os elementos do separador "Arquitectura" permitem ao utilizador definir uma cor. Existem duas maneiras de definir cores para um elemento.

Para definir a cor dos elementos mais genéricos (como paredes, lajes, pilares ou vigas) dispomos de dois novos botões, "Cores" e "Atribuir cor". O programa cria por defeito uma lista de cores para os elementos anteriormente referidos. Pode modificar as cores por defeito a partir do botão "Cores". A partir deste botão pode também criar novas cores que poderá atribuir depois aos elementos criados a partir do separador "Arquitectura".

Para atribuir uma cor a um elemento só tem que selecionar a partir da lista que surge, no painel de configuração, que surge ao introduzir estes elementos.

Se pretender atribuir a vários elementos a mesma cor recomendamos que utilize o botão "Atribuir cor" que permite selecionar vários elementos ao mesmo tempo.

 

Melhorias no elemento "Fachada cortina"

O elemento "Fachada cortina" inclui agora:

  • Ajuste no momento de desenhar a fachada
    Permite desenhá-la ajustada ao centro, à direita ou à esquerda da linha introduzida.
  • Geração da fachada cortina por introdução
    Enquanto que na versão anterior a fachada cortina era gerada em módulos inteiros, nesta nova versão a fachada cortina vai sendo gerada à medida que o utilizador vai selecionando os vários pontos de introdução, o que permite criar módulos seccionados.
  • Pré-desenho da fachada cortina
    A fachada cortina conta agora com um pré-desenho, com uma altura fixa de três módulos, que permite ao utilizador ver a fachada cortina enquanto a introduz.

 

Exportação individualizada dos modelos do edifício

A partir desta versão, no modelo BIM do projeto alojado na plataforma BIMserver.center, poderá encontrar cinco modelos diferentes gerados pelo CYPE Architecture: o modelo 3D do esboço, o modelo dos elementos construtivos, o modelo do mobiliário, o modelo dos aparelhos sanitários e o modelo dos espaços. Desta forma dispõe de mais opções de visualização do projeto na web.

Exportação do esboço em formato "DWG 3D"

O programa exporta agora, de forma automática, os elementos do separador "Esboço" para o formato "DWG 3D". Este formato pode depois ser utilizado em outros programas do fluxo de trabalho Open BIM, como por exemplo no StruBIM CYPE 3D.

Nova obra exemplo "Unifamiliar Aislada"

Gerou-se uma nova obra com todas as novidades do programa. Nela podem-se observar os espaços, as etiquetas, os níveis e o novo modelo do edifício pintado com cores. Recomendamos que abra esta nova obra se pretender visualizar as novas características do programa.

 

CYPECAD

Listagens da obra

Na versão 2021.b, o diálogo "Listagens" do menu "Arquivo" pode ser configurado pelo utilizador. O painel que se mostra ao premir em "Listagens" mudou de aparência. Nesse novo painel mostram-se todas as listagens disponíveis no programa. Os botões correspondentes às listagens que na obra atual não podem mostrar-se aparecem inativos.

O botão "Opções" permite selecionar quais as listagens que aparecem no painel e a ordem em que se mostram. Deste modo, é possível mostrar no painel só aquelas listagens que se usam habitualmente ordenadas segundo o critério que se preferir.

 

  

Listagens personalizadas

A partir da versão 2021.b já é possível personalizar as listagens do CYPECAD.

A opção de "Listagens personalizadas" permite selecionar as listagens que se deseja gerar. Estas listagens devem ser definidas previamente mediante o botão "Listagens personalizadas disponíveis".

Estas listagens podem-se usar em qualquer obra e é possível utilizá-las em outro computador que tenha instalada a versão 2021.b ou uma versão posterior.

Numa listagem personalizada, além de definir os capítulos que a compõem, é possível definir o título da listagem e indicar que surja o índice e o nível de capítulos deste.

Os capítulos que compõem a listagem devem-se selecionar a partir dos capítulos das listagens predefinidas que aparecem na árvore da direita. É possível agrupá-los e ordená-los da forma que se desejar. E, além disso, é possível modificar o nome de qualquer capítulo. Também é possível acrescentar capítulos vazios para incluir essa informação posteriormente.

De momento, é possível utilizar os capítulos de 13 listagens predefinidas, estando previsto a incorporação da maior quantidade de listagens predefinidas possíveis.

 

Outras melhorias e correções

A versão 2021.b do CYPECAD inclui também outras melhorias, e correções que podem acontecer em determinados casos singulares:

  • Foi melhorado o comando "Características consideradas para a interação terreno-estrutura". Agora toda a informação está compactada numa única tabela.
  • É possível editar a interação terreno-estrutura na edição de sapatas e maciços de encabeçamentos de estacas.
  • No editor de armaduras de pórticos já não é necessário ativar as capturas para consultar as verificações.
  • Foi corrigido um erro na armadura das lajes fungiformes aligeiradas. Em algumas ocasiões a armadura da segunda camada gerava-se em prolongamento reto quando devia ser em cotovelo.
  • A opção "Etiquetas" foi acrescentada no separador "Resultados". Até agora só estava em "Entrada de vigas".
  • É possível ajustar o tamanho do diálogo da opção "Bloquear armadura de pórticos".
  • No desenho "Quadro de pilares" não se limita o texto do nome da planta.
  • Inclui-se o comando "Atribuir fundação de muros" no menu "Fundação> Elementos de fundação" do separador "Resultados".
  • Foi corrigido um erro pontual que se produzia ao exportar estruturas com ligações a um ficheiro IFC.
  • Foram corrigidos erros pontuais na consulta dos isovalores e que produziam uma falha geral do programa.
  • Colocou-se um aviso no caso do coroamento de um muro se definir com vários planos inclinados. Anteriormente este caso produzia um erro geral no processo de cálculo.
  • Nos desenhos das placas de amarração, os valores das espessuras que se mostravam arredondados, deixaram de o ser ficando mais precisos.
  • Modificou-se o critério para determinar a altura das vigas embebidas nos muros e vigas de coroamento. No caso da viga estar em contato com uma laje, a sua altura será o valor maior entre a altura da laje e o valor definido nas opções. Caso contrário, será o valor maior entre a espessura do muro e o valor definido nas opções, com um máximo de um metro.

 

CYPEHVAC Ductwork

Otimização do processo de cálculo

Na versão 2021.b do "CYPEHVAC Ductwork", o processo de cálculo para instalações de condutas foi otimizado para que seja agora mais rápido. Isto é particularmente interessante para obras grandes.

CYPELEC Distribution

Opções de representação

São acrescentadas novas funcionalidades para a representação dos tipos de linha e etiquetas nos tramos e elementos.

Em opções gerais, foi adicionado o ícone de "Opções de representação", que incorpora quatro separadores:

  • Tipo de linha e cor (nova funcionalidade). Permite a seleção da cor e do tipo de linha para a representação das linhas de alimentação a quadros parciais e circuitos interiores.
  • Referências. Permite a atribuição da referência, por defeito, para os diferentes elementos.
  • Etiqueta (nova funcionalidade). Permite a seleção personalizada, para cada um dos elementos, das características que se pretendem representar no ecrã e posteriormente nos desenhos das plantas.
  • Simbologia. Permite a edição de símbolos personalizados que podem ser posteriormente atribuídos aos diferentes elementos.

 

    

CYPEPLUMBING Sanitary Systems

Controlo de colisões entre as tubagens de saneamento (Clash detection)

A partir da versão 2021.b, o "CYPEPLUMBING Sanitary Systems" deteta as colisões entre as tubagens das diferentes redes incluídas no próprio programa.

 

Novo catálogo de tubos insonorizados Phonoblack por aliaxis

A versão 2021.b do "CYPEPLUMBING Sanitary Systems" inclui o catálogo de tubagens insonorizadas Phonoblack do fabricante aliaxis.

 

Introdução dos critérios de cálculo do fabricante aliaxis

Juntamente com a introdução do catálogo de tubagens "Phonoblack" do fabricante, "aliaxis", estão também incluídos os critérios de cálculo para as suas tubagens.

Gestão de parâmetros bloqueados

Incluem-se novas ferramentas para gerir os parâmetros bloqueados.

Agora é possível bloquear os principais parâmetros calculados pelo programa de forma global ou parcial.

Também foi implementada uma ferramenta que permite visualizar os elementos da instalação que tem os parâmetros bloqueados.

 

 

CYPEPLUMBING Water Systems

Introdução simultânea de tubagens

A partir da versão 2021.b, o "CYPEPLUMBING Water Systems" permite a introdução simultânea de várias tubagens horizontais com o mesmo percurso. Esta ferramenta também permite a sua introdução em várias plantas simultaneamente.

Gestão de parâmetros bloqueados

Incluem-se novas ferramentas para gerir os parâmetros bloqueados.

Agora é possível bloquear os principais parâmetros calculados pelo programa de forma global ou parcial.

Também foi implementada uma ferramenta que permite visualizar os elementos da instalação que tem os parâmetros bloqueados.

 

 

CYPETEL Project ITED-ITUR

Projeto para edifícios residenciais e não residenciais

Foram adaptados os documentos de projeto para que sejam válidos para qualquer tipo de edifício recorrendo ao manual ITED 4.ª Edição: Plurifamiliar, Unifamiliar, Escritório, Comercial, Industrial, Especial e Mistos.

Separador "Orçamento"

O separador "Orçamento" foi incluído. Agora, o utilizador dispõe de ferramentas orientadas para a geração e gestão da medição e do orçamento dos elementos introduzidos.

 

CYPETEL Schematics

Ferramenta para exportação e importação da configuração de "Opções gerais"

Foi incorporada a ferramenta de importação e exportação da configuração "Opções gerais" para poder utilizá-la em diferentes obras.

Conectores coaxiais específicos para S/MATV e CATV

A fim de diferenciar os tipos de redes coaxiais, foram acrescentados dois tipos de conectores "Coaxial S/MATV" e "Coaxial CATV".

 

Configuração de Opções gerais por norma

Anteriormente, só estavam disponíveis configurações predeterminadas para elementos de infraestrutura e as verificações. Agora, o programa tem configurações completas para a definição das "Opções gerais" da obra. Para cada norma, o programa dispõe de uma configuração na qual os tipos de equipamentos, preferências de visualização, verificações, tabelas, unidades, etc. estão predefinidos, o que significa uma grande economia no tempo na preparação da obra.

 

CYPETEL Systems

Reestruturação das bibliotecas e Opções gerais

O layout da barra de ferramentas foi modificado e as bibliotecas de equipamento foram colocadas em "Opções gerais".

Ferramenta para exportação e importação da configuração de "Opções gerais"

Foi incorporada a ferramenta de importação e exportação da configuração "Opções gerais" para poder utilizá-la em diferentes obras.

Conectores coaxiais específicos para S/MATV e CATV

A fim de diferenciar os tipos de redes coaxiais, foram acrescentados dois tipos de conectores "Coaxial S/MATV" e "Coaxial CATV".

 

Configuração de Opções gerais por norma

Anteriormente, só estavam disponíveis configurações predeterminadas para elementos de infraestrutura e as verificações. Agora, o programa tem configurações completas para a definição das "Opções gerais" da obra. Para cada norma, o programa dispõe de uma configuração na qual os tipos de equipamentos, preferências de visualização, verificações, tabelas, unidades, etc. estão predefinidos, o que significa uma grande economia no tempo na preparação da obra.

 

CYPETEL Wireless

Separador "Orçamento"

O separador "Orçamento" foi incluído. Agora, o utilizador dispõe de ferramentas orientadas para a geração e gestão da medição e do orçamento dos elementos introduzidos.

 

CYPETHERM RECS Plus

Atualização para a versão 7.1 do Schema XML da ADENE

Foi atualizado o certificado energético, em formato XML gerado pelo programa, para a última versão especificada no portal SCE da ADENE, a versão 7.1. Na definição de Dados para XML, foram adicionadas as opções correspondentes aos novos campos do certificado.

CYPETHERM REH

Forçar a inércia da fração

A partir da versão 2021.b, é possível ao utilizador forçar a inércia de qualquer fração, independentemente do resultado obtido no cálculo da inércia.

 

Generalidades

Instalação dos programas da CYPE

A partir da versão 2021.b, todos os programas da CYPE são instalados com Gestores de descarga.

Os Gestores de descarga são ficheiros com a extensão ".exe" disponíveis na "Store" da plataforma BIMserver.center ou na área de download, dependendo do programa que pretende instalar. Cada programa tem o seu próprio Gestor de descarga.

Os Gestores de descarga permitem descarregar e instalar o programa pretendido em qualquer um dos idiomas disponíveis, sem ter de utilizar nenhum software de descompressão de ficheiros "zip".

Os Gestores de descarga possibilitam ainda que os programas da plataforma BIMserver.center se possam instalar em idiomas de alfabeto não latino, como "CYPE Architecture" ou "Open BIM Layout" que se podem instalar em chinês.

Desde a versão 2014 que estava disponível, como opção, o Gestor de descarga do pacote completo dos programas que se instalam a partir da área de download. Agora, a partir da versão 2021.b, todos os programas da CYPE, incluindo os da plataforma BIMserver.center, são instalados, exclusivamente, com os Gestores de descarga.

 

 

Ligação com Gerador de preços

O CYPECAD MEP foi atualizado para que a incorporação de fabricantes nos Geradores de Preços e a atualização dos produtos e preços de outros já existentes se vejam refletidos no programa. Seguem-se os fabricantes e unidades de obra que se atualizaram na versão 2020.f do Gerador de preços e agora disponíveis no CYPECAD MEP.

  • ELITE DISEÑOS
    Gerador de preços para Espanha.
  • MITSUBISHI ELECTRIC
    Todos os países com Gerador de preços (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, Espanha e Uruguai; Angola, Cabo Verde, Moçambique e Portugal; Argélia, Camarões, Costa do Marfim, França, Gabão, Mali, Marrocos, República do Congo e Senegal).
  • PANASONIC
    Gerador de preço para Espanha.
  • QUILOSA
    Gerador de preços para Espanha e Portugal.
  • THERMOR
    Gerador de preços para Espanha.
  • TOSHIBA
    Todos os países com Gerador de preços (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, Espanha e Uruguai; Angola, Cabo Verde, Moçambique e Portugal; Argélia, Camarões, Costa do Marfim, França, Gabão, Mali, Marrocos, República do Congo e Senegal).
  • UPONOR
    Todos os países com Gerador de preços (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, Espanha e Uruguai; Angola, Cabo Verde, Moçambique e Portugal; Argélia, Camarões, Costa do Marfim, França, Gabão, Mali, Marrocos, República do Congo e Senegal).
  • Capítulo LVC (Carpintería, cerrajería, vidrios y protecciones solares/Vidrios/Doble acristalamiento)
    No Gerador de preços para Espanha. Concretamente na unidade de obra "LVC030. Doble acristalamiento SAINT GOBAIN".
  • Capítulo LVE (Carpintería, cerrajería, vidrios y protecciones solares/Vidrios/Triple acristalamiento)
    No Gerador de preços para Espanha. Concretamente na unidade de obra "LVE010.Triple acristalamiento SAINT GOBAIN".

Gerador de preços obra nova, reabilitação e espaços urbanos

Incorporação de novos fabricantes

Aumentou-se o número de fabricantes do Gerador de preços para Portugal. Na versão 2021.b foi adicionado o seguinte fabricante:

  • SOCYR. Isolamentos térmicos e acústicos ecológicos
    Incorporação de celulose, fibra de madeira e cortiça insuflada, revestimento de cortiça e painéis de cortiça.

Atualização de preços e produtos de fabricantes

A versão 2021.b dos Geradores de preços para países lusófonos (Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal) inclui atualizações de preços e produtos dos seguintes fabricantes:

  • MITSUBISHI ELECTRIC
    Atualização de preços e ampliação da gama de produtos de ar condicionado e de aquecimento.
  • PLADUR (só para Portugal)
    Atualização de preços e ampliação da gama de placas de gesso laminado. Incorporação de sistemas em paredes interiores, tetos falsos contínuos suspensos e em revestimentos interiores autoportantes com isolamento incorporado.
  • QUILOSA (só para Portugal)
    Ampliação da gama de adesivos para a colagem de pavimentos vinílicos e de linóleo.
  • TOSHIBA
    Atualização de preços e ampliação da gama de produtos de ar condicionado e de aquecimento.
  • UPONOR
    Atualização de preços de abastecimento de água e aquecimento, soluções Port, climatização invisível, tubagens pré-isoladas Ecoflex e geotermia.

Valorização do Impacte Ambiental - Análise do ciclo de vida

A informação que consta do separador "Indicadores de impacte ambiental" do Gerador de Preços foi reorganizada. Foram separados os "Indicadores de impacte ambiental" do "Uso de recursos". As casas comerciais seguintes, incorporadas no Gerador de Preços, fornecem as suas "Declarações de impacte ambiental":

  • No Gerador de preços para Espanha
    • ACTIS
    • FINSA
    • GRUPO PUMA
    • ISOVER
    • KERAKOLL
    • KNAUF INSULATION
    • KÖMMERLING
    • PLADUR
    • TECHNAL
    • URSA
    • VEREA
  • Nos Geradores de preços para países francófonos
    • FINSA (só para França)
    • KÖMMERLING
  • Nos Geradores de preços para países lusófonos (exceto Brasil)
    • FINSA (só para Portugal)
    • GRUPO PUMA (só para Portugal)
    • ISOVER
    • KNAUF INSULATION (só para Portugal)
    • KÖMMERLING
    • PLADUR (só para Portugal)
    • URSA (só para Portugal)
    • VEREA. (só para Portugal)

Unidades de obra nova nos geradores de preços

IFC Builder

Disponível só na plataforma BIMserver.center

A partir da versão 2021.b a aplicação IFC Builder estará disponível, exclusivamente, na plataforma BIMserver.center. Deste modo não será instalado com o pacote de software que se descarrega desde a página Web da CYPE.

Open BIM aliaxis

Open BIM aliaxis

"Open BIM aliaxis" é uma aplicação gratuita para a modelação BIM de sistemas de saneamento do fabricante "aliaxis".

O programa está integrado no fluxo de trabalho Open BIM, o que significa que é capaz de ler a geometria do edifício criada por qualquer gerador geométrico que trabalhe com o standard IFC, e participar de forma integrada no fluxo de trabalho Open BIM através da plataforma BIMserver.center.

 

Mais informação

Open BIM BOSCH

Melhorias na interface do programa

No esquema que Open BIM BOSCH gera automaticamente, a representação dos equipamentos é reflexo dos modelos reais. Além disso, os valores para as potências de arrefecimento total, sensível e aquecimento, representam-se a cor azul e vermelho respetivamente.

 

Abertura simultânea de várias sessões do programa

Agora é possível abrir o programa várias vezes de forma simultânea, o que permite poder trabalhar com vários ficheiros diferentes.

 

Open BIM Construction Systems

Exportação das soluções construtivas para as aplicações de cálculo térmico e acústico

A partir da versão 2021.b, o Open BIM Construction Systems exporta para o projecto do BIMserver.center a definição das soluções construtivas conjuntamente com a sua vinculação aos elementos do modelo BIM arquitetónico. Esta informação pode assim ser interpretada pelas várias ferramentas BIM de especialista, orientadas para a análise térmica e acústica do edifício.

No caso de existir uma associação de soluções construtivas no projeto BIM, realizada através do Open BIM Construction Systems, esta será utilizada para a criação da biblioteca dos programas de análise térmica e acústica em vez das tipologias definidas no modelo físico ou analítico. Note-se que serão lidas as camadas que constituem a solução construtiva e as suas propriedades físicas, mas não serão depois atualizadas no projeto BIM, se forem modificadas. Desta forma mantêm-se as alterações realizadas dentro da aplicação de especialista, assim como as tipologias que possam existir armazenadas em ficheiros ".bibgen".

As aplicações que são capazes de ler e incorporar no seu modelo de cálculo os sistemas construtivos do Open BIM Construction Systems são, atualmente:

  • Simulação térmica
    • CYPETHERM HE Plus
    • CYPETHERM EPlus
    • CYPETHERM LOADS
    • CYPETHERM RT2012
    • CYPETHERM RT2012 CNOA
    • CYPETHERM REH
    • CYPETHERM RECS Plus
    • CYPETHERM C.E.
    • CYPETHERM COMETH
    • CYPETHERM RTExistant
  • Simulação acústica
    • CYPESOUND
    • CYPESOUND CTE

 

 

 

Open BIM PANASONIC

Equipamentos de aerotermia

Foram incorporados os equipamentos de aerotermia do tipo monobloc (compacto) e do tipo bibloc. Ao posicioná-los sobre um compartimento pertencente a uma zona térmica previamente calculada com CYPETHERM LOADS, Open BIM PANASONIC irá ler a carga térmica dessa zona e seguidamente incluirá no painel do equipamento de aerotermia como valor da potência requerida. No caso, de não ter realizado o cálculo de cargas com CYPETHERM LOADS, o utilizador pode escrever na célula a potência que quer cobrir com a máquina, e fechar o cadeado.

Após dimensionar, Open BIM PANASONIC lê as temperaturas exteriores e as condições interiores, e calcula a potência corrigida que disponibiliza a máquina trabalhando nessas condições. O programa ao dimensionar seleciona o primeiro equipamento capaz de vencer a carga requerida.

Além disso, no caso dos equipamentos bibloc, Open BIM PANASONIC controla se o comprimento da tubagem excede o permitido para cada modelo, ou se o desnível entre a unidade exterior e a unidade interior sai fora do intervalo.

O programa gera uma listagem com os dados básicos de cada equipamento.

 

Melhorias na interface do programa

Na informação que Open BIM PANASONIC mostra nos tooltips depois de calcular, representam-se a cor azul os dados de arrefecimento e a vermelho os de aquecimento.

Além disso, a posição dos ícones no ecrã é agora configurável pelo utilizador. Ao clicar sobre um grupo de elementos de edição, aparece o seu conteúdo num painel. Se clicar sobre o pin, este altera a sua posição para indicar que o painel ficou fixado. Também, se o painel se arrastar até ao bordo de qualquer dos quatro lados do espaço de trabalho, a mão do cursor altera de aspeto e se nesse momento se soltar o botão esquerdo do rato, o painel fica incorporado nesse bordo.

No esquema que Open BIM PANASONIC gera automaticamente, a representação dos equipamentos é reflexo dos modelos reais. Além disso, as derivações que o programa gera automaticamente agora são representadas através um cone na sua visualização 3D.

Abertura simultânea de várias sessões do programa

Agora é possível abrir o programa várias vezes de forma simultânea, o que permite poder trabalhar com vários ficheiros diferentes.

 

Open BIM Quantities

Propriedades de entidades IFC

A partir da versão 2021.b, no "Critério de medição" da obra é possível utilizar as propriedades de uma entidade IFC (IfcPropertySet) para realizar a medição (variáveis B, C e D), como já se fazia anteriormente com as quantidades (IfcQuantitySet). Esta alteração teve como motivo a existência de modeladores BIM que exportam para IFC conjuntos de atributos orientados para a medição como propriedades (IfcPropertySet), em vez de quantidades (IfcQuantitySet). Agora, no painel "Unidades de obra" de uma "Regra de medição", o utilizador deve indicar o tipo de atributo que deseja atribuir a cada variável, de forma semelhante à seleção de entidades do modelo BIM.

 

StruBIM Steel (Free Launch Edition)

Atribuir secção

Foi implementada uma ferramenta para atribuir o tipo de secção a uma seleção de perfis.

 

Atribuição de cores por etiqueta

Foi implementada na gestão de etiquetas, a definição de uma cor associada a cada etiqueta. Os elementos serão representados na vista 3D da cor da etiqueta atribuída. Quando um elemento tem atribuídas várias etiquetas, representa-se com a cor atribuída a primeira etiqueta, segundo a ordem estabelecida na gestão de etiquetas.

 

 

Opções de gravação automática

Dentro do menu "Configuração" acrescentou-se o comando "Opções de gravação automática", com estas opções o utilizador pode configurar quando se gravará a obra de forma automática.

 

Execução múltipla do programa

A partir da versão 2021.b é possível abrir várias estâncias do programa simultaneamente.

Exportação da vista 3D de peças para o modelo BIM

Foi implementada a exportação de um glTF das peças que compõem a estrutura.

Edição de coordenadas de perfis

No diálogo de edição de perfis, acrescentou-se o ponto "Coordenadas" onde o utilizador pode consultar e editar as coordenadas dos pontos inicial e final dos perfis.

 

Melhorias em ligações existentes

Foi melhorado o funcionamento das ligações "Ligação encastrada no banzo do perfil principal" e "Ligação encastrada na alma do perfil principal". A partir da versão 2021.b admitem que as almas estejam deslocadas e que a viga chegue oblíqua ao pilar no plano horizontal.

 

 

Placa de ancoragem ao paramento vertical

Esta ligação é aplicável a perfis em duplo T ou tubos retangulares. Gera-se uma placa de ancoragem, no extremo selecionado, orientada verticalmente.

 

Ligação encastrada com secção de viga reduzida

Ligação encastrada entre viga e pilar, ambos de secção em duplo "T". Com esta ligação é possível definir recortes nos banzos da viga. A soldadura dos banzos realiza-se mediante soldaduras de topo em bisel simples, para isso também se geram orifícios na alma da viga, para facilitar o acesso, para soldar. A ligação da alma pode realizar-se soldada ou aparafusada através de uma chapa lateral.

 

Ligação encastrada com peça dupla em "T"

Ligação encastrada entre viga e pilar, ambos de secção em duplo "T". A ligação dos banzos da viga ao pilar realiza-se através da ligação aparafusada do perfil laminado "T". A alma da viga liga-se mediante chapa lateral aparafusada.

 

 

Diagonal ligada a perfil principal, com chapa frontal

Esta ligação pode ser aplicada a um perfil principal de secção duplo T, U simples ou tubo retangular, e uma diagonal de secção duplo T, tubo retangular ou tubo circular.

Viga ligada a rigidificador da alma da viga principal

Esta ligação pode ser aplicada a perfil principal e secundário de secção duplo T. A ligação admite que a viga secundária não chegue perpendicular à principal. Esta ligação permite a possibilidade de colocar um rigidificador no lado oposto.

 

Viga ligada com cantoneiras à alma da viga principal

Esta ligação pode ser aplicada a um perfil principal e secundário de secções duplo T ou U simples. A viga secundária deve ser perpendicular à principal já que a ligação se realiza mediante uma cantoneira, com um comprimento definido pelo utilizador.

2021.a

Acoubat by CYPE

Alteração do nome da aplicação

A partir desta versão, o programa "AcoubatBIM by CYPE" alterou o nome para "AcouBAT by CYPE".

Atualização da base de dados de ensaios acústicos

Atualizou-se a base de dados de ensaios acústicos associada ao motor de cálculo AcouBAT (gerido pelo organismo francês CSTB - Centre Scientifique et Technique du Bâtiment) que inclui a aplicação. Incrementou-se o número de produtos disponíveis em mais de 700 elementos até superar os 3150 produtos diferentes. Além disso, a estrutura da base de dados foi modificada para diferenciar mais facilmente os produtos procedentes de catálogos de fabricantes, os produtos genéricos e os produtos de utilizador.

Durante o processo de atualização da base de dados conservam-se os produtos personalizados que tenham sido criados anteriormente. Alguns destes produtos podem ter uma classe que não se corresponda com uma da nova estrutura. Para corrigir esta incongruência, agora é possível modificar a classe de um produto do utilizador a partir do painel de edição.

Novos índices acústicos para a pesquisa avançada

A partir desta versão, acrescentaram-se os seguintes índices acústicos à ferramenta de pesquisa avançada na base de dados:

  • NRC: Coeficiente de redução de ruído (Noise Reduction Coefficient).
  • SAA: Absorção sonora média (Sound Absorption Average).
  • IIC: Classe de isolamento de percussão [dB] (Impact Isolation Class).

Arquimedes

Compatibilidade dos plugins da CYPE para Revit® com "Revit 2021"

A partir desta versão, os "plugins" da CYPE para Revit, "Suplemento Open BIM para Revit" e "Orçamento e medição de modelos de Revit", são compatíveis com a versão 2021 do Revit.

CYPE 3D

Integração no fluxo de trabalho Open BIM

A partir desta versão, foi implementada a integração do "CYPE 3D" no fluxo de trabalho Open BIM através da plataforma BIMserver.center. Esta integração trouxe consigo a criação do programa "StruBIM CYPE 3D" que é a versão do "CYPE 3D" que se pode descarregar a partir da plataforma BIMserver.center.

As novas ferramentas que o "CYPE 3D" dispõe para se vincular com projetos BIM, na plataforma BIMserver.center, e todas as restantes ferramentas deste programa, estão também disponíveis no "StruBIM CYPE 3D".

No painel de ambos os programas, foi incluída a opção para logar-se como utilizador do BIMserver.center. Para o CYPE 3D é opcional ao entrar no programa, mas obrigatório no caso de querer vincular-se a um projeto BIM alojado no BIMserver.center. Para o "StruBIM CYPE 3D" é obrigatório logar-se como utilizador do BIMserver.center.

Foi implementado o novo menu "BIMserver.center" onde se incluem diferentes ferramentas para gerir esta operação.

  • Vincular
    Esta ferramenta permite vincular uma obra com um projeto novo ou existente. Quando uma obra se encontra vinculada a um projeto é possível exportar os resultados, assim como importar as vistas 3D das restantes especialidades, que se mostrarão na vista 3D.
  • Desvincular
    Esta ferramenta permite desvincular uma obra de um projeto do BIMserver.center.
  • Consultar
    Esta ferramenta permite consultar o estado dos IFC presentes no modelo BIM, tendo a possibilidade de atualizar a vista dessas ligações. Assinala-se que o modelo do CYPE 3D não sofre nenhuma alteração durante a atualização das ligações. Esta ferramenta está disponível quando a obra está vinculada com um projeto BIM.
  • Exportar
    Esta ferramenta permite exportar para o projeto BIM a estrutura no formato IFC assim como o ficheiro GLTF com a vista 3D.

CYPE Architecture

Novo programa: CYPE Architecture

O "CYPE Architecture" é um novo programa gratuito de modelação arquitetónica 3D concebido especificamente para integrar-se no fluxo de trabalho Open BIM proposto pela CYPE, através da plataforma BIMserver.center.

O "CYPE Architecture" foi desenvolvido com o objetivo de complementar o IFC Builder, melhorando consideravelmente as funcionalidades do mesmo, já que incorpora um novo ambiente de trabalho 3D, sem restrições geométricas, assim como uma capacidade de modelação superior, contemplando, inclusive, a fase de esboço do projeto.

CYPECAD

Novo módulo: Interação terreno-estrutura

A partir desta versão, surge um novo módulo do programa CYPECAD, "Interação terreno-estrutura (sapatas e maciços de encabeçamento de estacas)" que permite a consideração dos assentamentos que se produzem na fundação e a interação com a estrutura, em termos de esforços e deformações, através da definição de constantes de rigidez elástica nos elementos de fundação.

No caso de sapatas, a rigidez introduz-se como módulo de Winkler. De forma análoga, para os maciços de encabeçamento de estacas o dado a definir é a rigidez axial de cada uma das estacas, que é determinada pela relação entre a carga e o assentamento que se produz.

Importação de pilares do modelo BIM, de diferentes tipos de materiais e secções

A partir desta versão foi implementada a importação de pilares do modelo BIM de diferentes tipos de materiais e secções.

Na fase "Pilares" do assistente de importação de modelos BIM, mostra-se uma lista com os pilares detetados. A primeira coluna da lista permite ativar, ou desativar, a importação de cada tipo de secção. As colunas "Material", "Tipo" e "Descrição" mostram os dados contidos no ficheiro IFC. Na coluna "Secção transversal" indica-se a secção atribuída ao tipo de pilar. Premindo sobre cada célula acede-se ao painel da seleção da secção transversal do pilar.

A coluna "Trocar eixos" permite alterar a orientação dos eixos locais da secção. Esta ferramenta é necessária quando o critério de eixos da secção transversal do IFC que se está a importar é diferente do critério de eixos das secções do CYPECAD.

O programa atribui automaticamente as secções retangulares e circulares de betão. Para cada uma das restantes secções deve-se atribuir a secção correspondente do CYPECAD. A atribuição realizada fica guardada automaticamente para importações posteriores.

Gravação das opções selecionadas em "Capturas para máscaras"

As opções selecionadas em "Capturas para máscaras" gravam-se automaticamente ao premir o botão aceitar de forma que, em posteriores execuções do programa, mantém essa seleção.

Aviso de alteração da armadura base

Mostra-se um aviso no relatório final do cálculo, se durante o processo de dimensionamento das lajes maciças ou fungiformes aligeiradas existirem modificações na armadura base, indicando os panos que sofreram tais alterações.

Outras melhorias e correções

A partir desta versão, o CYPECAD inclui também outras pequenas melhorias e correções do programa de situações que poderiam suceder em casos singulares:

  • Possibilidade de acrescentar na barra de ferramentas as opções "Introduzir vigota dupla", "Verificar geometria do grupo actual", "Verificar geometria do grupo actual e superiores" e "Verificar geometria de todos os grupos".
  • Correções na geração das vistas 3D de lajes maciças.
  • Correções nas vistas 3D de encontros de vigas.
  • Deteção de elementos construtivos definidos incorretamente.
  • Correções na pormenorização de armaduras de pilares de betão de secção genérica.
  • Correções na consulta de combinações de esforços em pilares de madeira.

CYPEFIRE Hydraulic Systems

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPEHVAC Ductwork

Leitura do caudal de ventilação

A partir desta versão, o programa "CYPEHVAC Ductwork" lê os caudais de ventilação dos compartimentos calculados no "CYPETHERM LOADS" e no "Open BIM COVID-19". Desta forma, não é necessário introduzir os caudais de cada grelha manualmente, já que o programa os calcula em função do número de grelhas presentes em cada compartimento.

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPEHVAC Hydronics

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPELEC Distribution

Separador "Orçamento"

A partir desta versão, inclui-se no programa "CYPELEC Distribution" o separador "Orçamento". Agora, o utilizador dispõe de ferramentas orientadas para a geração e gestão da medição e do orçamento dos elementos introduzidos.

Leitura dos mecanismos do projeto BIM

No "CYPELEC Distribution" pode-se introduzir a caixa de mecanismos. Nesta versão é possível realizar a leitura de mecanismos tais como interruptores, comutadores, inversores... contidos no projeto BIM, de tal forma que o programa localiza essa caixa de mecanismos. Desta forma, o utilizador aproveita a introdução manual efetuada e pode completar o traçado da distribuição elétrica.

Programas como "CYPELEC Electrical Mechanisms" permitem a introdução dos mecanismos elétricos e a exportação dessa informação para o projeto BIM.

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPELEC Electrical Mechanisms

Exportação do orçamento para o projeto BIM

A partir desta versão, a documentação exportada para o projeto BIM complementa-se com as listagens de orçamento e o ficheiro em formato FIEBDC-3 (.bc3) da instalação elétrica.

Referências de elementos com a norma Portuguesa

Quando se seleciona a norma portuguesa no CYPELEC Electrical Mechanisms, carregam-se automaticamente as referências utilizadas em Portugal para os diferentes elementos introduzidos.

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPEPLUMBING Sanitary Systems

Tamanho do texto editável para as etiquetas dos desenhos

A partir desta versão, os programas "CYPEPLUMBING Sanitary Systems" e "CYPEPLUMBING Water Systems" permite variar o tamanho das etiquetas dos desenhos. Com esta melhoria o utilizador pode personalizar os desenhos gerados por ambos os programas e assim melhorar a legibilidade destes.

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPEPLUMBING Solar Systems

Cálculo do fluxo de calor no sistema primário e secundário

No cálculo do fluxo de calor no sistema primário e secundário, é importante contabilizar a energia que se perde nos traçados das tubagens, desde os coletores solares até aos pontos de consumo para otimizar o dimensionamento da área do coletor, necessária para compensar também esta perda de energia.

Até à versão 2021.a, permitia contemplar de forma simplificada a energia que se perdia nos traçados das tubagens desde os coletores solares até aos acumuladores ou permutadores de calor (circuito primário) e destes até aos pontos de consumo (circuito secundário), contemplando um coeficiente global de perda do circuito ou reduzindo o fator de rendimento do circuito.

A partir desta versão, "CYPEPLUMBING Solar Systems" calcula a perda de energia nestes circuitos através da análise dos traçados das tubagens tendo em conta o material, a espessura e o isolamento dessas tubagens, para além de fatores como a temperatura, e o caudal de impulsão e retorno que circula por estas.

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

CYPEPLUMBING Water Systems

Tamanho do texto editável para as etiquetas dos desenhos

A partir desta versão, os programas "CYPEPLUMBING Sanitary Systems" e "CYPEPLUMBING Water Systems" permite variar o tamanho das etiquetas dos desenhos. Com esta melhoria o utilizador pode personalizar os desenhos gerados por ambos os programas e assim melhorar a legibilidade destes.

CYPETEL Project ITED-ITUR

Novo programa: CYPETEL Project ITED-ITUR

O "CYPETEL Project ITED-ITUR" é um programa concebido para proporcionar ao utilizador a criação dos documentos do projeto técnico ITED (Infraestruturas de Telecomunicações em Edifícios), segundo o "Manual ITED 4.ª edição", e do projeto técnico ITUR (Infraestruturas de Telecomunicações em Loteamentos, Urbanizações e Conjuntos de Edifícios), segundo o "Manual ITUR 3.ª edição". Os documentos gerados a partir dos dados introduzidos pelo utilizador são os seguintes:

  • Fichas identificativas
  • Memória descritiva
  • Quadro de dimensionamento
  • Quadro de materiais
  • Termo de responsabilidade

Juntamente com os programas "CYPETEL Systems" e "CYPETEL Schematics", "CYPETEL Project ITED-ITUR" permite a consolidação do fluxo de trabalho Open BIM através do standard IFC para projetos de telecomunicações em Portugal. Assim, a informação gerada a partir destes dois programas pode ser lida pelo "CYPETEL Project ITED-ITUR", sendo preenchidos os dados necessários para a geração dos documentos de projeto mencionados anteriormente.

CYPETEL Schematics

Assistente para geração automática de redes

A partir desta versão, o "CYPETEL Schematics" incorpora um assistente para a geração automática de redes em estrela de cabos coaxiais, fibra ótica e pares de cobre. O assistente permite, a partir de um esquema de infraestrutura, gerar esses esquemas tendo em conta a posição dos equipamentos assim como as distâncias das canalizações.

Atualização para os novos manuais ITED 4 e ITUR 3

A partir desta versão, os programas "CYPETEL Schematics" e "CYPETEL Systems" foram adaptados às exigências dos novos manuais "ITED 4.ª edição" e "ITUR 3.ª edição" para a realização de projetos de infraestruturas de telecomunicações em Portugal.

Foram ajustados, entre outros, os seguintes aspetos:

  • Verificações regulamentares.
  • Listagens de cálculo.
  • Equipamentos predefinidos.
  • Determinação das tomadas mais e menos favoráveis por habitação (-F,+F) e por obra (--F, ++F) tanto nos esquemas como nas listagens.
  • Cálculo das atenuações das conexões permanentes (ALP).
  • Obras exemplo.

CYPETEL Systems

Atualização para os novos manuais ITED 4 e ITUR 3

A partir desta versão, os programas "CYPETEL Schematics" e "CYPETEL Systems" foram adaptados às exigências dos novos manuais "ITED 4.ª edição" e "ITUR 3.ª edição" para a realização de projetos de infraestruturas de telecomunicações em Portugal.

Foram ajustados, entre outros, os seguintes aspetos:

  • Verificações regulamentares.
  • Listagens de cálculo.
  • Equipamentos predefinidos.
  • Determinação das tomadas mais e menos favoráveis por habitação (-F,+F) e por obra (--F, ++F) tanto nos esquemas como nas listagens.
  • Cálculo das atenuações das conexões permanentes (ALP).
  • Obras exemplo.

CYPETHERM Eplus

Programa disponível apenas na store do BIMserver.center

A partir desta versão, os programas "CYPETHERM Eplus" e "CYPETHERM LOADS" estão disponíveis para descarga apenas na store da plataforma BIMserver.center, procedendo-se como instalação de programa solto, deixando assim de estar disponível no menu geral dos programas CYPE.

Sistemas de aerotermia split da SAUNIER DUVAL

A partir desta versão, acrescentaram-se os novos equipamentos de aerotermia split "Genia Air split" da Saunier Duval. Dentro de Sistemas de climatização por água do tipo aerotermia, por baixo do logotipo da Saunier Duval, o utilizador pode selecionar entre as séries Genia Air compacta e a nova Genia Air split. Dentro desta última, o utilizador pode selecionar os diferentes modelos de unidades exteriores e respetiva unidade interior correspondente, do tipo módulo hidráulico ou com acumulador integrado Genia Set split.

De igual forma que nos restantes sistemas de aerotermia, o utilizador pode selecionar se o sistema se utilizará só para aquecimento ou também para arrefecimento. Além disso, o utilizador deve especificar as condições de temperatura de trabalho da instalação e o modo de funcionamento durante o ano.

Os equipamentos de aerotermia split "Genia Air split" da Saunier Duval foram incorporados também no painel de Sistemas de AQS. Além disso, foram acrescentados os acumuladores de AQS monovalentes FEW e bivalentes FEWS, que aparecerão ao selecionar uma unidade interior do tipo módulo hidráulico. Estes acumuladores também se encontram disponíveis para selecioná-los juntamente com os equipamentos de aerotermia compactos da Saunier Duval.

Sistemas de aerotermia split da VAILLANT

A partir desta versão, acrescentaram-se os novos equipamentos de aerotermia split "aroTHERM split" da Vaillant. Dentro de Sistemas de climatização por água do tipo aerotermia, por baixo do logotipo da Vaillant, o utilizador pode selecionar entre as séries aroTHERM compacta e a nova aroTHERM split. Dentro desta última, o utilizador pode selecionar os distintos modelos de unidades exteriores e respetiva unidade interior correspondente, do tipo módulo hidráulico ou com acumulador integrado uniTOWER split.

De igual forma que os restantes sistemas de aerotermia, o utilizador pode selecionar se o sistema se utilizará só para aquecimento ou também para arrefecimento. Além disso, o utilizador deve especificar as condições de temperatura de trabalho da instalação e o modo de funcionamento durante o ano.

Os equipamentos de aerotermia split aroTHERM split da Vaillant foram incorporados também no painel de Sistemas de AQS. Além disso, foram acrescentados os acumuladores de AQS uniSTOR (monovalentes) e auroSTOR (bivalentes), que aparecerão ao selecionar uma unidade interior do tipo módulo hidráulico. Estes acumuladores também se encontram disponíveis para selecioná-los juntamente com os equipamentos de aerotermia compactos da Vaillant.

Sistemas multisplit R32 da TOSHIBA

A partir desta versão, foi incluído o novo catálogo de equipamentos multisplit com refrigerante R32 da Toshiba. Em Sistemas de expansão direta (refrigerante) do tipo multisplit, por baixo do logotipo da Toshiba, o utilizador pode selecionar os novos modelos de unidades exteriores. Analogamente, as unidades interiores encontram-se dentro de Unidades terminais de expansão direta do tipo multisplit. Através do botão Assistente, pode-se criar o sistema completo.

Se calculou o sistema multisplit com Open BIM Toshiba, pode importá-lo nos programas CYPETHERM com EnergyPlus, onde aparecerá completamente definido.

CYPETHERM HVAC

Programa descontinuado a partir da versão 2021.a

A partir desta versão, o programa "CYPETHERM HVAC" foi substituído por outros programas de cálculo e Open BIM que no seu conjunto dispõem das funcionalidades do "CYPETHERM HVAC" e cuja evolução melhorará as funcionalidades deste programa. Mais informação no link.

CYPETHERM LOADS

Programa disponível apenas na store do BIMserver.center

A partir desta versão, os programas "CYPETHERM Eplus" e "CYPETHERM LOADS" estão disponíveis para descarga apenas na store da plataforma BIMserver.center, procedendo-se como instalação de programa solto, deixando assim de estar disponível no menu geral dos programas CYPE.

CYPETHERM RECS Plus

Sistemas multisplit R32 da TOSHIBA

A partir desta versão, foi incluído o novo catálogo de equipamentos multisplit com refrigerante R32 da Toshiba. Em Sistemas de expansão direta (refrigerante) do tipo multisplit, por baixo do logotipo da Toshiba, o utilizador pode selecionar os novos modelos de unidades exteriores. Analogamente, as unidades interiores encontram-se dentro de Unidades terminais de expansão direta do tipo multisplit. Através do botão Assistente, pode-se criar o sistema completo.

Se calculou o sistema multisplit com Open BIM Toshiba, pode importá-lo nos programas CYPETHERM com EnergyPlus, onde aparecerá completamente definido.

CYPEURBAN

Novo programa: CYPEURBAN

O "CYPEURBAN" é um novo programa concebido para permitir a verificação de requisitos urbanísticos sobre modelos BIM em formato IFC.

Esta aplicação foi desenvolvida pela CYPE com a assessoria técnica e supervisão da Asociación de Promotores de Madrid (ASPRIMA), fruto de um acordo de colaboração cujo objetivo é agilizar e melhorar a qualidade do processo de justificação e validação de requisitos urbanísticos através de modelos BIM.

O programa conta com uma lógica de cálculo que permite deduzir a partir do modelo BIM algumas das verificações urbanísticas exigidas pelas entidades municipais. O programa possui uma série de ferramentas para definir e verificar parâmetros como distâncias do edifício a parcelas contíguas, verificações da parcela, ocupação, edificabilidade, altura do coroamento, alturas livres, etc.

Atualmente, o programa incorpora as bibliotecas de verificações das seguintes entidades municipais:

  • Plano Diretor Municipal de Vila Nova de Gaia
    No âmbito do Projeto-piloto desenvolvido em parceria com a GAIURB, foram implementadas verificações para as seguintes categorias de uso de solo:
    • C1 - Centro Histórico Áreas Usos Mistos do Tipo I
    • C2 - Centro Histórico Áreas Usos Mistos do Tipo II
    • C3 - Áreas Urbanizadas Consolidadas de Tipologia Mista
    • C4 - Áreas Urbanizadas em Transformação de Tipologia Mista
    • C5 - Áreas Urbanizadas Consolidadas de Moradias
    • C6 - Áreas Urbanizadas em Transformação de Moradias
    • C7 - Núcleos Empresariais a transformar
    • C8 - Áreas de Comércio e Serviços
    • C9 - Áreas Industriais Existentes
    • C10 - Áreas Turísticas
    • C11 - Áreas de Expansão Urbana de Tipologia Mista Tipo I
    • C12 - Áreas de Expansão Urbana de Tipologia Mista Tipo II
    • C13 - Áreas de Expansão Urbana de Tipologia Mista Tipo III
    • C14 - Áreas de Expansão Urbana de Tipologia Mista Tipo IV
    • C15 - Áreas de Expansão Urbana de Tipologia de Moradias
    • C16 - Áreas de Transição
    • C17 - Áreas Industriais Previstas
    • C18 - Áreas Verdes de Utilização Pública
    • C19 - Quintas em Espaço Urbano
    • C20 - Áreas de Logradouro
  • PGOU Madrid (1997)
    • Norma Zonal 5 (edificación aislada en bloques abiertos)
  • PGOU Leganés (1999)
    • Plan Parcial de Ampliación del Portillo (PP2, Industrial)
    • Plan Parcial Puerta de Fuenlabrada (PP4, vivienda libre y vivienda pública)
    • Plan Parcial Poza del Agua (PP5, unifamiliar adosada)
    • Plan Parcial Solagua (PP6, unifamiliar en hilera)
  • PGOU de "Rivas Vaciamadrid" (2003)
    • Cristo de Rivas
    • La Fortuna
    • Las Colinas
    • Mirador Norte
  • PGOU de Pliego, Murcia (2008)
    • Casco Actual
    • Ensanche Extensivo
    • Ensanche Intensivo
    • Residencial: Vivienda de Protección Oficial
  • Plan local d'urbanisme de la Ville de Rennes (24 juin 2019)
  • Área de Planeamiento Específico Nuevo Mahou-Calderón (Madrid)
    Fruto do acordo com o Ayuntamiento de Madrid foi realizada a implementação da regulamentação que afeta todas as parcelas desta área (APE.02.27).

Generalidades

Sistema de coordenadas pessoais

A partir desta versão, acrescentou-se uma ferramenta para poder modificar o sistema de coordenadas da aplicação, a mesma está a ser incorporada em várias aplicações. Na versão 2021.a está disponível nas seguintes aplicações:

  • IFC Builder
  • CYPECAD MEP
  • CYPEHVAC Hydronics
  • CYPEPLUMBING Sanitary Systems
  • CYPEPLUMBING Water Systems
  • CYPEPLUMBING Solar Systems
  • Open BIM Lightning
  • CYPELUX
  • CYPELUX EN
  • CYPELUX CTE
  • CYPELUX RECS
  • CYPELUX HQE
  • CYPELUX LEED

Critério de cores dos eixos das vistas 3D

A partir desta versão, modificou-se o critério de cores dos eixos das vistas 3D. Agora, as cores do sistema de eixos das vistas 3D mostram-se com o critério tradicional RGB para X Y Z.

  • X: Vermelho
  • Y: Verde
  • Z: Azul

Gerador de preços obra nova, reabilitação e espaços urbanos

Atualização de preços e produtos de fabricantes

Nesta versão, os Geradores de preços para países lusófonos incluem as seguintes atualizações de preços e produtos de fabricantes.

  • ISOVER
    Atualização de preços e ampliação da gama de isolamentos térmicos e acústicos.
  • KNAUF INSULATION (só para Portugal)
    Atualização de preços e ampliação da gama de isolamentos térmicos e acústicos.
  • KÖMMERLING
    Atualização da gama de caixilharias de PVC, com diferentes séries e tipos de aberturas.
  • LMF CLIMA (só para Portugal)
    Atualização de preços de produtos para o tratamento de ar e incorporação dos recuperadores de calor das séries HRC e RFD.
  • MITSUBISHI HEAVY INDUSTRIES
    Atualização de preços de ar condicionado.
  • PLACO (exceto Brasil)
    Atualização de preços de perfis.
  • PLADUR (só para Portugal)
    Ampliação da gama de placas de gesso laminado em paredes interiores com a incorporação da nova placa Solidtex.
  • POLYTHERM (só para Portugal)
    Atualização de preços de sistemas para instalações de abastecimento de água, radiadores, piso radiante e energia solar.
  • QUILOSA (só para Portugal)
    Atualização de preços de sistemas de impermeabilização líquida.
  • SAUNIER DUVAL
    Atualização de preços de soluções de climatização eficientes e sustentáveis.
  • URSA IBÉRICA AISLANTES (só para Portugal)
    Atualização de preços e ampliação da gama de isolamentos térmicos e acústicos.
  • VAILLANT
    Atualização de preços de produtos para aquecimento e A.Q.S., climatização e energias renováveis.

Novas unidades de obra

Nesta versão implementaram-se 23 novas unidades de obra no Gerador de preços, relacionadas com as mais diversas áreas, nomeadamente: Acondicionamento do terreno; Estruturas; Instalações; Isolamentos e impermeabilizações; Coberturas e Revestimentos. Para visualizá-las prima no link.

Novas instruções para o Manual de utilização e manutenção

Nesta versão foram incluídas novas instruções para o "Manual de utilização e manutenção" em unidades de "Obra nova" e "Reabilitação" correspondentes aos capítulos:

  • RFM (Revestimentos/Pinturas em paramentos exteriores/Tintas naturais de origem mineral de silicato)
  • RIM (Revestimentos/Pinturas em paramentos interiores/Tintas naturais de origem mineral de silicato)

Open BIM Analytical Model

Manual do utilizador

Esta versão do Open BIM Analytical Model inclui o manual da aplicação.

Open BIM BOSCH

Novo programa: Open BIM BOSCH

O "Open BIM BOSCH" é um novo programa gratuito desenvolvido para conceber instalações de ar condicionado do tipo VRF (Variable Refrigerant Flow) do fabricante BOSCH.

O programa está integrado no fluxo de trabalho Open BIM através do standard IFC. Importa do projeto BIM, ao qual se vincula na plataforma BIMserver.center, o modelo arquitetónico e o modelo com as cargas térmicas (como por exemplo o modelo gerado pelo CYPETHERM LOADS), caso exista.

O programa disponibiliza como resultados os seguintes documentos:

  • Informação detalhada do cálculo;
  • Esquema de VRF;
  • Medição em formato FIEBDC-3 (.bc3);
  • Listagem com o quadro de materiais.

Open BIM Construction Systems

Novos catálogos de materiais para as camadas

A partir desta versão, ampliou-se o número de catálogos de materiais disponíveis para completar a informação das camadas que compõem as soluções construtivas.

Open BIM Lightning

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

Open BIM PANASONIC

Dimensionamento automático dos equipamentos

A partir desta versão, no programa "Open BIM PANASONIC", o utilizador já não tem de selecionar o equipamento com a potência adequada para vencer a carga térmica. Os equipamentos introduzidos pelo utilizador reconhecem o compartimento onde estão situados, leem as suas cargas térmicas e ao dimensionar, o programa irá de equipamento em equipamento até conseguir que a potência corrigida que disponibiliza cada um seja superior à requerida pelo compartimento onde se encontra.

Visualização do espaço de manutenção

A partir desta versão, no programa "Open BIM PANASONIC", os equipamentos interiores e exteriores possuem uma área ao seu redor que convém deixar livre, para facilitar as operações de manutenção, e para que a máquina possa expulsar o fluxo de ar sem obstáculos e garanta um bom funcionamento.

Esta área está visível no programa através de uma cor semitransparente. O utilizador pode ativá-la ou desativá-la no painel "Opções gerais".

Manual da aplicação

A partir desta versão, o programa "Open BIM PANASONIC" inclui o Manual do utilizador em inglês. Neste manual explica-se passo a passo como instalar o programa, como abrir um exemplo e desenhar um sistema para obter os resultados de cálculo.

Open BIM Quantities

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

Leitura dos orçamentos gerados pelas aplicações de projeto

A partir desta versão, o "Open BIM Quantities" pode ler os orçamentos gerados a partir do separador "Orçamento" das aplicações de projeto. Os orçamentos gerados a partir das várias aplicações podem ser assim consolidados no "Open BIM Quantities", tornando mais fácil a elaboração do orçamento completo do projeto. A documentação gerada pode ainda ser exportada para o projeto do BIMserver.center.

Valores constantes no critério de medição

A partir desta versão, é possível introduzir valores constantes nos parâmetros A, B, C e D que constituem a medição. Para poder obter este resultado na versão anterior era necessário introduzir uma expressão no campo "fórmula" que incluísse o valor a considerar. Com esta novidade simplifica-se a tarefa e melhora-se a documentação obtida.

Para incluir uma constante na medição é apenas necessário deixar vazio o campo "conjunto" que aparece junto ao identificador do parâmetro (B, C ou D) e introduzir o valor numérico no campo "parâmetro".

Open BIM Water Equipment

Importar/Exportar estrutura de capítulos

A partir desta versão, no separador "Orçamento" é possível agora importar e exportar a estrutura de capítulos de um Critério de medição. Na versão anterior já era possível, mas unicamente a partir da janela de criação do Critério de medição.

Referência das linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível indicar uma referência para as linhas de detalhe de um recurso da medição a partir do ficheiro de mapeamento. Desta forma o utilizador tem um maior controlo na geração do orçamento a partir do modelo BIM e pode utilizar a referência atribuída em múltiplos projetos, o que permite uma poupança de tempo.

No caso de deixar este campo vazio, será utilizada a referência original do elemento como se realizava em versões anteriores

Relação com os elementos do modelo BIM

No separador "Orçamento", nas linhas de detalhe de medição foi incluída uma lista com os IDs dos elementos construtivos do modelo BIM que intervêm na referida linha. Os identificadores são utilizados para relacionar os elementos do modelo BIM do edifício com a sua respetiva medição. Trata-se de uma informação crucial para assegurar a rastreabilidade das partes do edifício que formam o orçamento global do projeto.

Estes dados, que eram já utilizados em versões anteriores apesar de não estarem visíveis para o utilizador, permitem algumas das funcionalidades próprias da aplicação, como destacar os elementos associados a uma linha de detalhe de medição na vista 3D da aplicação.

Recursos sem preço

No separador "Orçamento", foi adicionada uma opção no painel de configuração das listagens que permite excluir os compostos das unidades de obra que não tenham um preço associado na justificação de preços.

Tipo de unidade de obra

No separador "Orçamento", é agora possível modificar o tipo de uma unidade de obra a partir da janela de Preços (Sem classificar, Mão de obra, Maquinaria e meios auxiliares, Materiais), tal como já se fazia em versões anteriores com os preços unitários. Esta classificação segue a norma FIEBDC-3 (.bc3), assim, ao exportar o projeto neste formato, a informação pode ser interpretada por outras aplicações que trabalhem com a mesma tecnologia.

Visibilidade das etiquetas nas linhas de detalhe de medição

No separador "Orçamento", é agora possível visualizar as etiquetas atribuídas a linhas de detalhe de medição, quer no orçamento quer em listagens.

Para ver as etiquetas no orçamento, foi adicionada a opção "Etiquetas" na barra de ferramentas da aplicação. Ao ativá-la será apresentada uma nova coluna onde serão agrupadas, separadas por vírgulas, as etiquetas associadas a cada linha de detalhe. Em listagens foi adicionada a opção "Listar as etiquetas das linhas de detalhe de medição" no painel de configuração dos documentos. Ao ativá-la as etiquetas aparecerão junto à referência da linha de detalhe na listagem "Medições e orçamentos".

Plugin Open BIM - Revit

Compatibilidade dos plugins da CYPE para Revit® com "Revit 2021"

A partir desta versão, os "plugins" da CYPE para Revit, "Suplemento Open BIM para Revit" e "Orçamento e medição de modelos de Revit", são compatíveis com a versão 2021 do Revit.

Mapeamento para entidades nativas dos elementos IFC do projeto

O plugin Open BIM para Revit permite a conversão dos elementos IFC BIMserver para entidades nativas do Revit mediante uma tabela de mapeamento que equipara a informação sincronizada do projeto Open BIM com entidades e parâmetros do utilizador. O mapeamento é configurável por classe IFC e tipos do Revit, tem funções de filtro, pode-se guardar e importar em múltiplos projetos e permite a conversão de múltiplos IFC do BIMserver.

StruBIM CYPE 3D

Novo programa: StruBIM CYPE 3D

O novo programa "StruBIM CYPE 3D" é a versão do "CYPE 3D" (incluída no menu geral dos programas da CYPE) que se descarrega a partir da plataforma BIMserver.center. O funcionamento do "StruBIM CYPE 3D" é o mesmo que o do "CYPE 3D".

A diferença do "StruBIM CYPE 3D" relativamente ao "CYPE 3D" reside na necessidade de logar-se à plataforma BIMserver.center e na gestão das licenças de utilização do programa:

  • Com o "StruBIM CYPE 3D" o utilizador tem a necessidade de logar-se à plataforma BIMserver.center.
  • As licenças de utilização que permitem utilizar o "StruBIM CYPE 3D" são geridas pela plataforma BIMserver.center. Salienta-se que pode utilizar os códigos da sua "chave física local" ou "licença eletrónica" na plataforma BIMserver.center.

StruBIM Steel (Free Launch Edition)

Novo programa: StruBIM Steel (Free Launch Edition)

O novo programa "StruBIM Steel (Free Launch Edition)" é um programa concebido para a pormenorização de estruturas de aço em modelos BIM.

Este programa permite realizar um modelo BIM de precisão, que inclua os elementos necessários (perfis, chapas, parafusos, cordões de soldadura e ancoragens) para definir a estrutura. O programa disponibiliza como resultados ficheiros de fabrico em formato DSTV.

StruBIM Steel (Free Launch Edition) é uma versão gratuita, de utilização livre, sem caducidade e sem limitações. Pode ser utilizada profissionalmente e manter-se-á quando for publicada a versão comercial do programa.

×